Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Comandante de Artilharia do Exército apresenta o Subprograma Estratégico Sistema de Artilharia de Campanha no âmbito do Comando Militar do Nordeste

Publicado: Quarta, 27 de Julho de 2022, 19h51

Recife (PE) - Em 25 de julho, o Comandante de Artilharia do Exército (Cmt Art Ex), General de Brigada Moises da Paixão Junior, expôs as atividades do Subprograma Estratégico Sistema de Artilharia de Campanha (SPrg SAC) e a concepção do Forte Santa Bárbara a militares do Comando Militar do Nordeste (CMNE).

Na oportunidade, o Cmt Art Ex apresentou as premissas e metas do Subprograma ao General de Exército Richard Fernandez Nunes, Comandante Militar do Nordeste, ao General de Divisão Vinicius Ferreira Martinelli, Comandante da 7ª Divisão de Exército (7ª DE), ao General de Divisão Francisco Carlos Machado Silva, Comandante da 7ª Região Militar, ao General de Brigada Carlos José Rocha Lima, Comandante da 7ª Brigada de Infantaria Motorizada e ao General de Brigada André Luiz Aguiar Ribeiro, Comandante da 10ª Brigada de Infantaria Motorizada.

Acompanharam, por videoconferência, o General de Divisão Marcelo Arantes Guedon, Comandante da 6ª Região Militar e o General de Divisão André Luiz Ribeiro Campos Allão, Comandante da 10ª Região Militar, estando presentes, ainda, oficiais e sargentos da 7ª DE, do 7° Grupo de Artilharia de Campanha (7° GAC) e do Centro de Preparação de Oficiais da Reserva do Recife (CPOR/R).

O SPrg SAC busca a reestruturação desse sistema, de modo a permitir apoiar as operações conduzidas pela Força Terrestre, por intermédio da aplicação de fogos adequados às necessidades, de forma potente, precisa e oportuna, por meio do emprego de materiais de alta tecnologia, estando vinculado ao Programa Estratégico do Exército de Obtenção da Capacidade Operacional Plena (Prog EE OCOP).

Por fim, cumpre registrar a participação do Cmt Art Ex na emissão da Ordem de Operações da Operação Guararapes, que tem como objetivo manter a operacionalidade das tropas do Nordeste e desencadear ações de defesa externa, inclusive com o emprego da Artilharia de Mísseis e Foguetes, operações interagências e de ajuda humanitária.

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página