Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Bicentenário da Independência

Publicado: Terça, 06 de Setembro de 2022, 20h21 | Última atualização em Quinta, 08 de Setembro de 2022, 02h25 | Acessos: 59

Engana-se quem pensa que a Independência do Brasil foi concebida sem luta, sem o “Braço Forte” do Exército. Apesar de o 7 de Setembro de 1822 ser considerado um momento simbólico, diferentes batalhas ocorreram em solo pátrio, até o ano de 1823. A coesão, a liderança, os valores e a ética dos militares do Exército Brasileiro (EB) colaboraram para as vitórias nas batalhas pela Independência e continuam contribuindo para que o EB se mantenha em condições de enfrentar os desafios da atualidade.

A importante participação da Força no processo de emancipação do Brasil é mais um exemplo da sua intrínseca relação com a história do País. Em todos os grandes momentos históricos do Brasil, a Instituição mostrou-se integrada aos interesses da Nação e atuante em prol dos brasileiros.

O Brasil deve comemorar o Bicentenário da Independência honrando seus vultos históricos e heróis anônimos, orgulhando-se de seu Exército e continuando a reconhecer o valor dos nossos soldados.

Ao longo desses 200 anos de Independência, o profissionalismo, a eficiência operacional e o permanente estado de prontidão da Força Terrestre vêm contribuindo para a soberania nacional e a dissuasão extrarregional. Continuem a confiar nos discípulos de Caxias, os quais se mantêm firmes no propósito maior de servir aos mais legítimos interesses nacionais atuando com seu Braço Forte e estendendo sua Mão Amiga.

 

Clique no link e faça o download do livro do Bicentenário da Independência do Brasil.

http://www.eb.mil.br/documents/10138/14839249/Livro_Bicentenario_da_Independ%C3%AAncia.pdf/0a6c2d34-8335-1035-1177-ca1164c781e0

registrado em:
Fim do conteúdo da página